Landing Page: o que é e como criar a sua

Landing Page: o que é e como criar a sua

18.12.2018 - por SPARTA

O Inbound Marketing tem como objetivo aumentar o número de conversões de visitantes em clientes, atraindo sua persona para seu site. E a melhor forma de fazer isso é criando conteúdo relevante que seja consumido. Assim, seu lead avançará pelas etapas de seu funil de vendas até que se torne um cliente.

A conversão, assim, é a peça chave de uma estratégia bem sucedida. E, atualmente,  uma landing page é o melhor caminho para que seu visitante realize uma conversão.

Então, caso você esteja com alguma dúvida sobre como criar, divulgar, ou até mesmo sobre o que seja uma Landing Page, está no lugar certo!

O que é uma Landing Page?

Para que uma estratégia de SEO seja considerada bem sucedida, é necessário que o tráfego do seu site aumente. Afinal, essa é a premissa do Marketing Digital. Porém, somente essas visitas não geram o devido impacto ao seu negócio, uma vez que visitas não se convertem em vendas e, consequentemente, lucro para sua empresa. É aí que entra a Landing Page.

Uma landing page é uma página com foco em conversão. Dessa forma, diferentemente de uma página do seu site, ela possui o mínimo de elementos possível. Essa estratégia é utilizada para evitar a distração do usuário que esteja interessado na sua oferta.

Hotsite x Landing Page

Algumas pessoas fazem confusão sobre a definição desses dois tipos de ferramentas.

Enquanto uma landing page possui seu foco em conversão, abrindo mão do máximo possível de elementos para entregar uma página mais enxuta e otimizada, o hotsite entrega uma página contendo bastante informações sobre a oferta, inclusive links, menus e, em grande parte, interação – para que o usuário possa conhecer ao máximo sobre a oferta.

Assim, podemos dizer que, enquanto a landing page tem como foco a conversão, o hotsite tem como foco a divulgação.

Que elementos devem conter em uma Landing Page

Como dito acima, a landing page deve conter somente elementos que sejam essenciais para que o usuário converta. Para que isso aconteça é necessário incluir título e subtítulo, uma descrição concisa, imagem e/ou vídeo e um formulário de cadastro.

Esses são os elementos essenciais de uma landing page. Porém, dependendo da área de atuação da sua empresa, alguns outros elementos podem ser acrescentados, como prova social – depoimentos ou comentários sobre quem já utilizou seus produtos ou serviços – ou algo que remeta a um senso de urgência – como um cronômetro, por exemplo, dizendo quando a oferta irá expirar.

Título e subtítulo

De acordo com dados do Copyblogger, 8 em cada 10 visitantes de uma página leem somente o título da página antes de abandoná-la. Ou seja, é necessário começar a convencer o usuário desde já que sua oferta é interessante para ele.

O título deve ser uma chamada atrativa, sendo complementada pelo subtítulo. Esse conjunto de elementos deve conter tudo o que o usuário terá como benefício ao adquirir sua oferta, seja ela alguma ferramenta, um ebook ou mesmo um acesso a algum serviço exclusivo.

Em outras palavras, é imprescindível que esses dois elementos transmitam toda a proposta de valor que esteja atrelada à sua oferta. Dessa forma, serão capazes de manter aceso o interesse do visitante.

Imagem

Da mesma forma que o título, nunca subestime o poder de uma imagem, que deve ser bem escolhida.

Utilizar a capa do seu ebook ou de algum outro material que você esteja ofertando é uma boa alternativa, já que será capaz de passar credibilidade ao visitante.

Caso ninguém da sua equipe possua conhecimento em edição de imagens, uma dica é a utilização da ferramenta canva.com – bastante intuitiva e de fácil usabilidade.

Descrição

Após o visitante de sua landing page passar pelo título, subtítulo e imagem que compõem sua landing page, é hora de explicar pra ele, de forma mais detalhada, quais serão os benefícios ao se adquirir a oferta proposta.

Não utilize textos muitos longos, pois isso pode afastar algumas pessoas. Para a descrição, além de um texto conciso, sugerimos:

Caso necessário, utilize também vídeos explicativos ou mesmo webinars que expliquem melhor ao usuário sobre os benefícios que ele terá.

Formulário

É preciso cuidado ao construir um formulário de conversão, pois pedir muitas informações pode acabar afastando seu lead. Geralmente, formulários com menos campos de preenchimento são aqueles que possuem uma maior taxa de conversão.

A escolha de quais informações solicitadas deve ser feita pensando em seu planejamento de Marketing Digital e na sua persona. Estes dados, serão utilizados também para a segmentação de seus leads.

Mais informações podem ser solicitadas depois, quando novas conversões forem feitas pelos seus leads.

Como criar uma Landing Page

Muitas pessoas acham que criar uma landing page é uma tarefa complexa, que demanda dias e toda uma equipe dedicada.

Existem, hoje, diversas ferramentas que te auxiliam tanto na criação quanto na publicação de landing pages. Algumas dessas ferramentas são o RD Station e o Hubspot.

Porém, para que a landing page atinja seus objetivos de forma eficaz, é necessário que ela seja otimizada para conversão.

Essa otimização inclui:

Como divulgar sua Landing Page

A divulgação da landing page é um importante ponto da sua campanha, já que sem ela seu público não encontrará sua página e, consequentemente, não haverá conversão.

Para encontrar o melhor meio de divulgação, analise os canais de tráfego da sua empresa. Os principais canais para esse fim são as redes sociais, blog, email marketing e mídia paga.

Blog (e Site)

Uma boa estratégia de divulgação é aproveitar o tráfego que você já conquistou em suas campanhas de marketing. Selecione algumas páginas que tenham mais acesso, tanto em seu site quanto em seu blog, e divulgue ali sua landing page.

Essa divulgação pode se dar no meio do texto, como esse modelo logo abaixo, ou mesmo na barra lateral da página, como você pode ver no topo desta página.

Fica a seu critério definir qual o melhor modelo.

Email Marketing

O Email Marketing é uma importante ferramenta, que pode ser utilizada para a divulgação de novos materiais ricos (e não somente promoção de produtos e serviços que sua empresa comercializa).

Ao divulgar por esse meio, não se esqueça de segmentar sua base de leads, para que esse email atinja somente aqueles leads que tenham interesse na oferta disponibilizada.

Mídia Paga

Quando falamos em mídia paga (ou links patrocinados) estamos nos referindo ao Google Ads e ao Facebook Ads. Ambos são importantes plataformas de anúncios e fazem parte de praticamente qualquer estratégia de Marketing Digital.

Ao utilizar mídia paga para divulgação de uma landing page, a taxa de conversão pode aumentar até 25%. Isso ocorre porque você pode segmentar seus anúncios, o que deixa sua campanha muito mais otimizada.

Além de utilizar anúncios para divulgar suas landing pages, você também pode fazer o inverso. Ao realizar campanhas no Google Ads, configure a página de destino para uma landing page. Assim sua campanha terá um desempenho muito melhor, já que a landing page é uma página feita com o único propósito de conversão.

Redes Sociais

Utilize as redes sociais para divulgar suas landing pages e gerar leads. Seja no Facebook, Instagram, LinkedIn ou Twitter, a divulgação pode ser feita por lá. Basta que sua empresa tenha uma página na plataforma.

A divulgação no Facebook e no LinkedIn pode ser feita ao compartilhar o link em grupos ou na sua própria página. No Instagram, utilize a função Stories, que te possibilita a inserção de links externos.

Página de agradecimento

Agora que vimos o quão importante é uma landing page para seu negócio no meio digital, temos uma dica pra você: crie uma página de agradecimento.

A página de agradecimento é o local para onde seu lead será direcionado após a conversão em sua landing page.

Nesse novo ambiente você pode inserir links para seu blog, algum post, promoção, ou mesmo para outras landing pages – desde que mantendo-se na faixa de interesse de sua persona.

Uma página de agradecimento é o primeiro contato de um lead (após convertido) com sua empresa. Por isso é importante iniciar, desde essa etapa, a segmentação de sua base.

Após a conversão de um lead em qualquer landing page, é imprescindível que ele seja segmentado.

A partir de então, de acordo com o planejamento estruturado pela sua empresa, a segmentação será importante não somente para as ofertas relacionadas – como as que serão mostradas na página de agradecimento –, mas também para todo o trabalho que será feito posteriormente com seus leads.

Ficou com alguma dúvida em relação à utilização de landing pages em campanhas de marketing digital? Fale com a gente!

Categoria : Marketing Digital

Navegue no blog

Categorias

Nossa fan page

Nossos serviços

© 2007 - 2019 SPARTA. Todos os direitos reservados