Marketing imobiliário: como vender mais imóveis pela internet

15.11.2018 - por Douglas Brandão

A aquisição de um imóvel é um dos principais objetivos de milhões de brasileiros. Por esse motivo, a concorrência entre construtoras e imobiliárias tem se tornado cada vez mais acirrada nos últimos anos.

Aliado a isso, há o fato de que o consumidor, hoje, realiza suas buscas sem sair de casa. É em frente a uma tela de computador ou celular que ele começa a comparar preços, opiniões e atendimentos.

Como se sobressair frente a tantos desafios? A resposta é bastante simples: com o Marketing Imobiliário.

O objetivo desse artigo é mostrar a você que o Marketing Imobiliário é uma importante ferramenta que, quando bem implementada, pode fazer sua empresa sair na frente!

O que é o Marketing Imobiliário

Muitas pessoas atrelam o termo Marketing a vendas. Porém, a venda é somente uma das ferramentas do Marketing, que é muito mais abrangente do que isso.

Ele trata de todo o processo de identificação dos desejos do seu público para, então, atraí-los e os converter em potenciais clientes.

Da mesma forma, o Marketing Imobiliário também atua com essa premissa. Porém, como o próprio nome diz, ele foca em potenciais clientes desse mercado e, por isso, utiliza de algumas ferramentas específicas ou mesmo adapta algumas outras para esse nicho.

Relacionamento: o coração do Marketing Imobiliário

Um bom relacionamento é essencial quando estamos falando de Marketing Imobiliário. E isso se deve a diversos fatores. Um deles é o fato de que, como dissemos anteriormente, a concorrência nesse mercado é muito grande.

O cliente ficará, obviamente, muito mais satisfeito sendo bem atendido. E, tendo tantas opções, caso se sinta desconfortável, terá ainda diversas escolhas à sua disposição. Portanto, não vacile no atendimento!

Além disso, devemos levar em conta que o investimento em um imóvel é bem alto e envolve, diversas vezes, além do dinheiro, o fator emocional. Afinal, a compra de um imóvel residencial é muitas vezes única na vida de uma pessoa. Então, partindo dessa premissa, de que é um sonho sendo realizado, o cliente possui a necessidade de ser bem atendido e construir um bom relacionamento.

Por outro lado, a aquisição de um imóvel a fim de investimento também deve levar em conta o atendimento, que será a base da confiança daquele comprador.

Um relacionamento bem alicerçado faz com que a confiança de seu cliente seja muito mais firme em sua empresa.

Por onde começar

Como dito, o Marketing Imobiliário possui uma gama de ferramentas do Marketing Digital – que, por sua vez, tem o objetivo de atrair, conquistar e converter seus clientes.

Para chegarmos ao ponto de conversão são necessários planejamento e estratégia. Um bom planejamento é essencial para que não haja desperdício de recursos e para que haja, também, boas oportunidade de construção de relacionamento entre construtora e clientes.

É necessário comprometimento, já que são estratégias a médio e longo prazo, mas que, quando bem planejadas e executadas, rendem bons frutos – inclusive em futuros empreendimentos!

Site

Antes de mais nada, é preciso desenhar um site que seja otimizado para a conversão de usuários em leads. Afinal, essas conversões são a chave do Marketing Digital, que se propõe a trabalhar leads, que se tornam oportunidades e que, por sua vez, se tornam clientes.

Nesse ponto é preciso que se atente a algumas questões, como navegabilidade no site, que deve ser simples e intuitiva; e também à responsividade do site, que é sua capacidade de ser bem visualizado tanto em desktop quanto em smartphones e tablets.

Além disso, o site é um canal de comunicação com seu público onde você tem total controle sobre isso. Por isso, estude bem sua persona (que pode ser descrita como a personificação do seu cliente ideal) e passe sua mensagem da melhor forma possível.

Produção de conteúdo

A produção de conteúdo é outra importante ferramenta do Marketing Imobiliário. Por meio dela sua empresa poderá se tornar autoridade no mercado, ao ser enxergada como referência no assunto.

Além de textos, a produção de conteúdo também engloba produção de vídeos, infográficos, podcasts, e o que mais sua imaginação lhe permitir. O importante aqui é ser relevante para a sua persona – e também para sua marca.

Como exemplos de produção de conteúdo para o setor imobiliário, podemos citar dicas para a escolha da localização de imóveis, alguns esclarecimentos sobre impostos e afins, etc.

Redes Sociais

As Redes Sociais são a porta de entrada de muitos tipos de negócios. Publicações, curtidas e compartilhamentos já fazem parte da rotina de todo internauta, e também das empresas que ali estão.

É importante salientar que a criação de perfis em Redes Sociais já não é uma opção, mas uma obrigação para qualquer empresa que queira se aproximar ainda mais do seu público.

Não basta criar um perfil ali e compartilhar tudo de novo que sua empresa tem feito. É importante que você fale a língua do seu público e, principalmente, que crie conteúdo que seja relevante para ele, instigando a discussão ao buscar temas pertinentes, e não somente promocionais.

A criação de conteúdo para as redes sociais deve se adequar, ainda, à plataforma em que seu conteúdo será inserido. Afinal, a linguagem utilizada no Twitter não pode (e nem deve) ser a mesma que utilizada para conversar com seus seguidores do LinkedIn.

Plataformas

O nicho de mercado em que as empresas ligadas ao ramo imobiliário estão possui algumas plataformas próprias, que auxiliam na venda de imóveis.

Essas plataformas podem ajudar na divulgação, já que atraem grande quantidade de público já qualificado, ou seja, que possuem a intenção de compra – seja para fins residenciais, comerciais ou de investimento.

Portanto, faça seu cadastro em algumas delas – mas lembre-se de buscar aquelas que se adequam ao nicho em que sua empresa esteja instalado.

Resultados

Por fim, você deve ficar bastante atento aos resultados de qualquer estratégia que esteja sendo utilizada. Como o Marketing Digital te permite a verificação de resultados em tempo real, utilize-as! Dessa forma, você poderá otimizar suas campanhas constantemente.

Durante a análise de resultados deve-se selecionar aquelas métricas que mais revelam aquilo que você deseja medir. Tráfego? Vendas? Conversões? Tudo depende da sua estratégia, que já deve constar em seu planejamento.

Ao analisar esses dados, em alguns momentos será necessária uma revisão de suas estratégias, que nem sempre apresentam os resultados esperados e, portanto, devem ser revistas.

Para isso, você não pode deixar de mensurar os resultados conquistados. Podemos estar soando repetitivos aqui, mas essa é uma tecla em que precisamos bater, sempre.

Que tal começar a colocar algumas dessas ideias em prática? Temos aqui um artigo que te ajudará a iniciar uma estratégia de conteúdo em vídeos. Confira e nos diga o que achou!

Categoria : Marketing Digital  Marketing Imobiliário  Redes Sociais

Navegue no blog

Categorias

Nossa fan page

Nossos serviços

© 2007 - 2018 SPARTA. Todos os direitos reservados